Prêmio Destaque de Comércio Exterior


 

 

A iniciativa de se premiar empresas ou entidades brasileiras que se sobressaíram nas exportações brasileiras surgiu durante a organização do 9º Encontro Nacional de Comércio Exterior – ENAEX, realizado pela Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB) em 1988. A idéia era de reconhecer as empresas que se destacaram no volume exportado, na diversificação de produtos e mercados, no desenvolvimento de estratégias para ampliar canais de comercialização ou para conquistar novos mercados, além de entidades que incentivaram e apoiaram pequenos e médios empresários na colocação de seus produtos no mercado externo.

Em abril de 1989 foi realizada a primeira solenidade de entrega do Prêmio no Palácio do Itamaraty, em Brasília, como parte das comemorações do 35º aniversário da Carteira de Comércio Exterior do Banco do Brasil. Por essa razão recebeu a denominação de Prêmio Cacex. 

Em 1994, foi lançado oficialmente o "Prêmio Destaque de Comércio Exterior", como iniciativa conjunta da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB) e do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Desde então, a cerimônia de premiação passou a acontecer durante a realização anual do ENAEX.

O objetivo da premiação continua sendo conferir reconhecimento e incentivo ao empreendedor nacional, bem como às entidades privadas ou públicas que atuam no apoio ao comércio exterior. Foram estabelecidas categorias de premiação, revistas periodicamente em função da conjuntura nacional e internacional. As empresas são selecionadas com base em dados estatísticos do MDIC (SECEX e SCS), além de outros indicadores disponíveis, observando os critérios de cada categoria e que tenha aumentado suas exportações no período de análise.

Ao longo de 22 edições do Prêmio Destaque de Comércio Exterior foram contempladas 245 empresas, instituições e iniciativas.

Para 2017,  serão conferidos 10 troféus nas seguintes categorias: destaque exportador (geral), destaque exportador agronegócio, destaque exportador bens duráveis, destaque exportador bens de capital, destaque exportador tecnologia, destaque exportador conquista de mercado, destaque pequeno e médio exportador, destaque exportador de serviços, destaque logística de comércio exterior e destaque apoio à exportação.